Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Hupes tem primeiro ambulatório multidisciplinar de doença hepática induzida por drogas do Brasil

O Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Complexo Hupes | Ufba) conta com um ambulatório multidisciplinar voltado para pacientes com doença hepática induzida por drogas, fitoterápicos, insumos vegetais (chás), medicações para fitness ou suplementos alimentares. Para ser atendido no serviço, o paciente, com suspeita diagnóstica de Doença Hepática Induzida por Droga (DILI), deve ser encaminhado pelo médico da rede SUS, por meio de um relatório.

No ambulatório de Hepatotoxicidade, o paciente é avaliado por uma equipe multidisciplinar, que envolve o setor de farmácia, clínica médica e hepatologia, e será direcionado para o tratamento. O professor Raymundo Paraná, médico gastroenterologista do HUPES, que está à frente do serviço, ressalta que, no Brasil, é o primeiro ambulatório multidisciplinar com este perfil.

Professor Raymundo Paraná encaminhará para Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) os dados obtidos no ambulatório, a fim de municiá-la com as informaçõ…

Redução dos atendimentos por intoxicação alcoólica no Carnaval de Salvador

De acordo com dados da Secretaria de Saúde de Salvador, os módulos assistenciais à saúde montados nos circuitos do carnaval pela Prefeituracontabilizaram 6.343 atendimentos durante os oito dias de evento, sendo 12,9% maior que na folia momesca do ano passado. Segundo o secretário de saúde José Antonio Rodrigues Alves, "em geral, tivemos um aumento no número de atendimentos, mas é importante ressaltar que esse ano a Prefeitura promoveu mais um dia oficial de Carnaval, que foi a quarta-feira".
Contrastando com este aumento, a redução dos casos de intoxicação alcoólica chamou a atenção das equipes de saúde que atuaram nos módulos assistenciais. Foram contabilizados 621 ocorrências por embriaguez, uma redução de 15,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Por outro lado, a quantidade de mulheres com quadro de intoxicação alcoólica (58%) foi superior a de homens com o mesmo quadro.
Os procedimentos clínicos permaneceram como a principal causa dos atendimentos com 75% do total…

O Abuso de Bebidas Alcoólicas no Carnaval

O Carnaval é um período de festa e folia. Neste período costuma-se exagerar no consumo de bebidas alcoólicas, muitas vezes resultando em intoxicação, a conhecida bebedeira. o que nem sempre é reconhecida como intoxicação. A ingestão de álcool etílico (etanol) é seguida de rápida absorção gastrointestinal, provocando vários níveis de depressão do sistema nervoso central e alterações do comportamento. Altas doses podem levar à coma alcoólico.
Para aproveitar esta folia e retornar das festas com segurança é importante controlar os abusos durante o Carnaval. O álcool é o principal responsável pelos acidentes neste período.
Algumas atitudes práticas ajudam bastante os foliões a não terem problemas com as bebidas em meio à festa. Deve-se evitar misturar bebidas, principalmente as fermentadas, como cerveja e vinho, com as destiladas, como cachaça, vodka e uísque. Essas combinações atacam facilmente o organismo. O ideal para quem estiver bebendo é alternar o consumo de bebidas alcoólicas com as…

Bahia inaugura primeiro Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas do país

O Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas do Hospital Geral do Estado (HGE), o primeiro a ser implantado no Brasil, foi inaugurado pelo Governo da Bahia nesta quarta-feira (3). Com investimento de mais de R$ 800 mil, o centro está preparado para receber e tratar mais de 25 vítimas simultaneamente.

Durante a inauguração, médicos, enfermeiros, auxiliares e corpo administrativo demonstraram como o estacionamento se transforma, em poucos minutos, em mais um núcleo de atendimento do hospital. As ambulâncias chegando uma atrás da outra e o volume de pacientes recebidos ao mesmo tempo impressionaram até quem já sabia que era uma simulação, dando a dimensão das dificuldades enfrentadas quando ocorre algum desastre de grandes proporções.

Para o secretário da Saúde do Estado, Fábio Villas-Boas, a capacidade de atendimento ao grande número de pessoas simultaneamente é importante para um estado com as características da Bahia, que abre nesta quarta-feira o Carnaval, maior festa a céu aberto do pl…

Inmetro estabelece limites para cádmio e chumbo em bijuterias e joias

Após passar por consulta pública, com a participação de toda a sociedade, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) publica no Diário Oficial da União o regulamento que estabelece limites de cádmio e chumbo na fabricação de bijuterias e joias comercializadas no Brasil. A intenção é proteger o meio ambiente contra metais pesados, resguardar a saúde do consumidor e incentivar o mercado nacional, prejudicado com a concorrência desleal dos produtos de baixa qualidade.

Integram a portaria bijuterias e joias, de uso adulto ou infantil, contas metálicas e componentes metálicos para fabricação de peças de joalheria; artigos de joalheria e de bijuteria metálicos, como acessórios para o cabelo; pulseiras, colares e anéis; piercings; relógios de pulso e outros adornos para os pulsos; abotoaduras e brincos.

O regulamento é fruto de uma articulação junto à Receita Federal e representantes da indústria do setor. No mercado nacional, bijuterias e joias não poderão ter concen…

Órgãos públicos atuam em conjunto no combate a acidentes de consumo na Bahia

A certificação compulsória de redes de proteção de janelas foi um dos temas da primeira reunião anual da Rede Consumo Seguro e Saúde RCSS-BA, realizada, na sede do Ibametro, ontem, dia 21. O assunto ganhou destaque, na mídia, após a morte de um menino de cinco anos, em novembro passado, proveniente da queda da janela de um prédio, no bairro de Brotas, em Salvador. Com isso, a RCSS-BA que acompanha os desdobramentos do caso, aprovou, na referida reunião, documento que formaliza solicitação ao INMETRO para que certifique compulsoriamente tais redes, já que atualmente elas não possuem nenhum tipo de controle no mercado. A Rede é uma articulação composta por 19 (dezenove) órgãos públicos das três esferas e entidades da sociedade civil que tem como foco o enfrentamento aos acidentes de consumo, ou seja, acidentes provocados com produtos ou serviços inseguros.
A RCSS-BA faz parte de um esforço internacional de organismos de Vigilância, Saúde, Metrologia e Defesa do Consumidor preocupados com…