Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

Anvisa anuncia inclusão produtiva e monitoramento de agrotóxicos

O diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, anuncianesta terça-feira (29), logo após o término da reunião pública da Diretoria Colegiada da Anvisa, em Porto Alegre (RS) os resultados do monitoramento de agrotóxicos e as estratégias da Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária.A coletiva está prevista para a 13h.
O projeto Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária prevê uma abordagem colaborativa da vigilância sanitária com os pequenos empreendedores, utilizando a vigilância como promotora da inclusão social. A iniciativa está nos programas Brasil Sem Miséria e Brasil Maior, do Governo Federal.
O Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA)é programa que monitora a presença de agrotóxicos em alimentos  de grande consumo pela população brasileira e serve como referência para políticas de redução de riscos associados aos agrotóxicos.
A reunião aberta ao público da Diretoria Colegiada da Anvisa (Dicol) será realizada durante o Simpósio Brasileiro de Vigilância San…

Usina contesta denuncia de envenenamento de animais em Uruçui (PI)

A Usina Comvap, responsável por cerca de 80% da produção de cana em Uruçuí, município do Piauí, manifestou-se nesta sexta-feira (25/10) a respeito da denúncia feita sobre supostos desmatamentos ilegais e envenenamento de animais que tentam entrar nas áreas de plantio no município. A acusação foi feita pelo diretor do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de União, Laurentino Bezerra na última terça-feira (22). A Usina afirma que a denúncia é vazia.
“Trata-se de uma denúncia vazia e essa carapuça não nos cabe. Resolvemos nos manifestar porque uma das propriedades citadas – Aroeira – listada, inclusive, como destinada à Reforma Agrária pertence à Comvap, empresa ligada ao Grupo Olho D’Água. É preciso esclarecer que em 2004, Aroeira foi incluída e vistoriada para a reforma agrária, com decreto de desapropriação. Mas, questionamos e a matéria está transitada e julgada, sendo que os advogados da companhia já estão requerendo em Juízo o pagamento de seus honorários”, explicou o diretor de opera…

Anvisa proíbe venda e comércio de lote de pipoca

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu, através da Resolução nº 4.009/2013, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (24/10), a distribuição e a comercialização em todo o país do lote 123, do alimento Pipoca Nacional, marca Brasileira, fabricado pela empresa Com e Empac de Alimentos A Brasileira em 01/04/2013 e com validade até 01/03/2014.  A medida foi determinada após a constatação de que o produto apresenta níveis de aflatoxinas acima do máximo permitido pela Anvisa.
Aflatoxinas são substâncias genetóxicas e carcinogênicas, e, por isso, produto fora da especificação não podem ser consumidos pela população.

Fonte: Anvisa. Leia mais.

Animais envenenados em desmatamento ilegal

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de União, município do Piauí, apresentou denúncias contra empresas e fazendeiros da região à Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), na terça-feira (22/10). As denúncias foram feitas pelos diretores do Sindicato, Laurentino Bezerra e Cícero Marques, pela deputada Flora Izabel e o vereador José Wilson. Segundo o Sindicato, algumas empresas e fazendeiros são responsáveis por desmatamentos ilegais e envenenamento de animais que tentam entrar nas áreas de plantio de cana-de-açúcar. O documento entregue à Semar revela as localidades onde houve desmatamento ilegal e uso de veneno em rações em locais de plantios para matar animais que tentavam se alimentar da cana. Segundo os diretores da entidade, o uso de veneno no plantio causou a morte de centenas de animais, entre eles, porcos e urubus. O secretário de Meio Ambiente, Dalton Macambira, e o diretor da Semar, Carlos Moura Fé, garantiram que vão providenciar a fiscalização nas regi…

OMS alerta: envenenamento por chumbo mata 143 mil pessoas por ano

O relator especial das Nações Unidos sobre as obrigações de direitos humanos relacionadas à gestão ecológica e descarte de substâncias perigosas e resíduos, Marc Pallemaerts, pediu nesta segunda-feira (21) que os Governos aumentassem seus esforços para eliminar o uso do chumbo, especialmente em tinta e brinquedos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) é possível prevenir o envenenamento por chumbo, no entanto, a exposição a esse elemento ainda causa143 mil mortes e 600 mil novos casos de crianças com deficiências intelectuais por ano. A tinta com chumbo pode ser encontrada em casas, brinquedos, móveis e em outros objetos. A deterioração da pintura feita com tinta que contém chumbo em paredes, móveis e outras superfícies interiores gera a poeira contaminada dentro de casa, facilitando a ingestão tóxica por crianças. O chumbo tem sabor doce, fazendo com que muitas crianças ao colocar objetos na boca queiram engolir pequenas lascas de tinta. Quando os níveis de exposição são a…

Cerca de 50 pessoas são internadas com intoxicação em Valença (RJ)

Cerca de 50 pessoas, dentre elas três gestantes, deram entrada no início da tarde desta sexta-feira (18) no Hospital Escola de Valença, RJ, com sintomas de intoxicação por vias respiratórias. As vítimas são funcionários da empresa têxtil Confecção Zeus, informação confirmada pela própria empresa. Segundo a unidade médica, todos estão internados no pronto-socorro, mas passam bem. A previsão é que eles recebam alta ainda nesta tarde. De acordo com parentes das vítimas, haveria gambás mortos no forro do teto da fábrica e, para amenizar o cheiro, foram usados cloro e creolina. A situação ficou pior e os funcionários começaram a passar mal. O gerente da empresa confirmou que, além de quatro gambás, um ouriço também estava em estado de putrefação no forro do imóvel. Ele disse ainda que funcionários usaram criolina e água sanitária na limpeza do teto, o que provocou a intoxicação. As atividades desta sexta-feira foram encerradas. A Vigilância Sanitária esteve vistoriando as dependências da empre…

18 de outubro: Dia do Médico

No dia 18 de outubro comemora-se o Dia do Médico. Este profissional desempenha um papel importante nos centros de informação e assistência toxicológica (Ciat) em todo o país, a exemplo do Centro Antiveneno da Bahia (Ciave), através da prestação de informações e orientações toxicológicas aos profissionais de saúde de entidades públicas e privadas, assim como à comunidade em geral, em plantões ininterruptos.
A informação toxicológica e orientação diagnóstica e terapêutica, além do acompanhamento dos pacientes, são práticas do plantão toxicológico do CIAVE prestadas 24 horas por dia, durante todo o ano, com a presença constante do médico-toxicologista.
Em comemoração à data, o Cremeb realiza uma solenidade de confraternização e congratulação com a categoria pelos importantes serviços prestados à sociedade. Na ocasião, haverá também a cerimônia de posse do corpo de conselheiros do Cremeb para a gestão 2013-2018 e da nova diretoria, eleita no dia 01/10.
Como parte das comemorações, 40 profis…

Poluição do ar é classificada como cancerígena pela OMS

A Agência Internacional de Pesquisas sobre o Câncer (IARC), vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS), anunciou nesta quinta-feira (17) a classificação da poluição do ar exterior como cancerígena, de acordo com a AFP. "O ar que respiramos tem sido contaminado por uma mistura de substâncias que provoca câncer", afirmou Kurt Straif, chefe da seção de monografias da IARC. "Agora sabemos que a contaminação do ar exterior não apenas é um risco maior para a saúde em geral, mas também uma causa ambiental de mortes por câncer".

"Os especialistas concluíram que existem provas suficientes de que a exposição à poluição do ar provoca câncer de pulmão. Também notaram uma associação com um risco maior de câncer de bexiga", destacou a IARC em um comunicado. Apesar da possibilidade de variação considerável na composição da contaminação do ar e dos níveis de exposição, a agência destacou que suas conclusões se aplicam a todas as regiões do mundo. 

Os dados mais recentes…

Ataques de vespas gigantes provocam morte na China

Ao menos 28 pessoas morreram e centenas ficaram feridas em uma recente onda de ataques de vespas gigantes na China. As vítimas descrevem que foram perseguidas por centenas de metros por unidades da espécie mandarinia - que as teriam picado até 200 vezes antes de interromper os ataques, informou o jornal The Guardian.
A maior parte dos feridos foi registrada nos últimos três meses em áreas rurais remotas ao sul da província de Shaanxi, de acordo com jornais locais. Especialistas acreditam que o calor, possivelmente causado pelas mudanças climáticas, pode estar contribuindo para a multiplicação do número de insetos.
As picadas desses insetos são altamente tóxicas e podem levar a insuficiência renal. Pessoas sensíveis ao veneno podem apresentar choque anafilático. Um funcionário de controle de doenças da cidade de Ankang, onde 18 pessoas morreram, pediu à população que procure ajuda médica para qualquer vítima que tenha sido alvo de mais de 10 picadas, e advertiu que um tratamento emergenc…