Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Ciave alerta para o risco na ingestão de algumas sementes

Geralmente, ingerir o caroço ou sementes de algumas frutas não faz mal para a saúde, seja acidentalmente ou não. Segundo os especialistas, alguns oferecem tanto ou mais nutrientes do que a própria polpa. Podemos citar como exemplos o caroço do abacate, o qual possui 70% mais antioxidantes (que combatem o envelhecimento) do que a própria fruta e as sementes da melancia, ricas em vitaminas e sais minerais que ajudam a manter cabelo, unhas e pele saudáveis. Estas sementes devem ser mastigadas ou batidas no liquidificador junto com a polpa para que seus nutrientes sejam absorvidos.

Entretanto, o farmacêutico do Centro de Informações Antiveneno (Ciave), Jucelino Nery, alerta para o cuidado na ingestão de sementes e caroços de frutas. Embora algumas não façam mal quando ingeridas com moderação, outras possuem junto com os nutrientes algumas substâncias que podem ser tóxicas. Por isso, é importante obter informações a respeito dos seus valores nutricionais e também dos riscos à saúde.

Jucel…

Governo baiano convoca quarta turma do programa Partiu Estágio

O Governo do Estado lança nesta quarta-feira (26) a quarta convocação para universitários inscritos no Programa Partiu Estágio. De acordo com a nova lista, 297 estudantes deverão se apresentar ao órgão ou entidade em que irão estagiar, dentro do prazo de dez dias úteis. Desde o lançamento do projeto, em abril deste ano, já foram convocados 4.224 jovens para estagiarem no serviço público. A lista da nova turma está disponível no site da Secretaria da Administração – Saeb. O programa é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso à oportunidades de estágio a jovens universitários de instituições federais, estaduais e privadas da Bahia que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Os integrantes da quarta turma do Partiu Estágio são convocados por me…

USP comprova que leite é capaz de reduzir quantidade de chumbo no organismo

Uma pesquisa da Faculdade de Farmácia da USP em Ribeirão Preto (SP) comprova que o leite é capaz de diminuir a quantidade de chumbo no organismo e, consequentemente, reduzir o nível de intoxicação em profissionais que atuam com esse tipo de metal.

A descoberta pode resultar em um novo modelo de tratamento em seres humanos, mas o farmacêutico e pesquisador William Robert Gomes alerta que a ingestão de leite não substitui o uso de equipamentos de proteção, principal aliado na prevenção.

“O chumbo pode levar até à morte se não houver um tratamento adequado e não houver um exame periódico para detectar essas concentrações altas. O leite deve ser um auxílio para evitar que essas concentrações subam a um nível extremo”, explica.

O estudo avaliou 237 funcionários de indústrias de baterias automotivas, que ficam expostos ao chumbo por longos períodos, e comprovou que aqueles que consumiam leite e derivados ao menos três vezes por semana tinham menos concentração do metal no organismo.

Gomes …

Veneno de vespa brasileira mata células de câncer sem atingir células saudáveis

O veneno de uma vespa brasileira, Polybia paulista, contém uma poderosa toxina que mata células de câncer, sem danificar células saudáveis. Agora, um grupo de cientistas da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e da Universidade de Leeds, na Inglaterra, descobriu exatamente como a toxina, chamada MP1, consegue abrir buracos exclusivamente nas células cancerosas, destruindo-as.
O estudo, publicado em 1º de junho, na revista científica Biophysical Journal, poderá inspirar a criação de uma classe inédita de drogas contra o câncer, segundo os cientistas. De acordo com um dos autores do estudo, Paul Beales, da universidade inglesa, a toxina MP1 não afeta as células normais, mas interage com lipídios – moléculas de gordura –que estão distribuídos de forma anômala apenas na superfície das células de câncer. Ao entrar em contato com a membrana dessas células, a toxina abre buracos por onde escapam moléculas essenciais para seu funcionamento.
“Terapias contra o câncer que atacam a composição…

Notificação de intoxicação e acidentes por animais peçonhentos é discutida em evento da Divep

Como parte integrante da programação do “Seminário Sobre Doenças e Agravos de Notificação Compulsória – Vigilância Epidemiológica Hospitalar - 2017“, realizado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVEP), da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), através da Coordenação de Agravos (COAGRAVOS) e do Grupo de Trabalho de Vigilância Epidemiológica Hospitalar — VEH, os temas: “Acidente por Animal Peçonhento” e “Intoxicação Exógena”, foram abordados com enfoque nos conceitos, situação epidemiológica e fluxos frente à notificação numa unidade hospitalar.
O Seminário teve como objetivo promover a integração, aprendizado e troca de experiências entre os profissionais dos Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar e representantes dos Núcleos e Bases Regionais de Saúde, além de técnicos do Centro de Informações Antiveneno (CIAVE), contando também com a presença de profissionais da Diretoria de Vigilância Epidemiológica - DIVEP, Diretoria de Vigilância e Atenção á Saúde do …

O estágio não obrigatório no Ciave tem reinício com o "Mais Futuro" e o "Partiu Estágio"

Tem início nesta segunda-feira o estágio não obrigatório no Centro de Informações Antiveneno (Ciave) com estudantes oriundos dos Programas Partiu Estágio e Mais Futuro. São acadêmicos de diversos cursos da área de saúde.

Considerado pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) como modelo de centro de informações e assistência toxicológica para os países em desenvolvimento, há 36 anos o Ciave disponibiliza campo de prática na área de Toxicologia, contribuindo para a formação de médicos, farmacêuticos, biólogos, veterinários, psicólogos, enfermeiros e terapeutas ocupacionais.

Os universitários do Programa Mais Futuro foram selecionados a partir do Edital nº 001/2017, da Secretaria da Educação, enquanto aqueles do Programa Partiu Estágio 2017 foram aprovados no Edital nº 002/2017, da Secretaria da Administração.

Os universitários têm a oportunidades de atuarem juntamente com a equipe multidisciplinar do Ciave, centro estadual de referência em Toxicologia, e conhecerem melhor essa áre…