Pular para o conteúdo principal

CIAVE Divulga Nota de Esclarecimento

Em função do registro de reclamações de alguns estudantes informando terem efetuado a inscrição para o processo seletivo para estágio no Centro de Informações Antiveneno (Ciave) e seus nomes não constarem na lista de candidatos aptos a fazer a prova escrita, a Comissão de Seleção do Processo Seletivo para Estagiários ao Ciave 2011/2012 presta os seguintes esclarecimentos:

- As inscrições foram realizadas no período de 22 a 31 de agosto de 2011;

- Todas as queixas formuladas dentro do período de inscrição foram acatadas. Entretanto, aquelas levadas ao conhecimento do Ciave após aquele período não puderam ser atendidas;

- É importante observar que no Edital do Processo Seletivo, no item 2.2.5, consta o seguinte: o CIAVE não se responsabiliza por solicitações de inscrição não recebidas em virtude de questões de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica.

Fonte: CIAVE. Leia mais.

Comentários

  1. Gostaria que o Ciave tornasse mais transparente a forma como se deu o resultado. Tem inclusive um selecionado que nem compareceu ao dia da prova!!!!! Ele é meu colega de turma de medicina e me garantiu que nao foi fazer a prova.Ele me garantiu que vai enviar um e-mail ao CIAVE comunicando isso. Isso é motivo de cancelamento do processo seletivo! É muito absurdo! Ou entao tem que se divulgar as notas e com direito a acesso da prova! É questao de justica! Quem garante que quem passou, passou e quem perdeu, perdeu se um ausente passou! Aguardo resposta!
    Acsa Barros

    ResponderExcluir
  2. LAMENTÁVEL!!!!!!! Como muita coisa no Brasil... Se em Brasília os nossos representantes fazem o que querem, se corrompem sem vergonha alguma e nunca dá em nada...quanto mais um processo seletivo desse, sem fiscalizacao alguma...

    ResponderExcluir
  3. Meus caros, todos aqueles que desejarem podem ter acesso à sua prova. Quanto ao fato citado, o mesmo está sendo averiguado e as providências cabíveis serão adotadas.

    ResponderExcluir
  4. Hum...sei...e até hj continua a mesma lista e nenhum esclarecimento! Vcs sao uns irresponsáveis e incompetentes!!!!!! Desreipeitosos e arbitrários! Uma coisa séria tratada levianamente como se fosse o erro mais simples...vcs mesmo tornam esse processo em algo sem valor...

    ResponderExcluir
  5. Hum...sei...e até hj continua a mesma lista e nenhum esclarecimento! Vcs sao uns irresponsáveis e incompetentes!!!!!! Desreipeitosos e arbitrários! Uma coisa séria tratada levianamente como se fosse o erro mais simples...vcs mesmo tornam esse processo em algo sem valor...

    ResponderExcluir
  6. se nao tem valor desista critatura nao venha atrapalhar minha vida nao viuu

    ResponderExcluir
  7. Acsa Invejosa!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de parabenizar o pessoal do CIAVE! Tive todas as informações necessárias durante o período de inscrição.

    ResponderExcluir
  9. Meus emails foram todos respondidos durante a inscrição. Valeu CIAVE!

    ResponderExcluir
  10. Adorei pela inscrição ter sido presencial, pois, tive o prazer de conhecer pessoas agradáveis, educadas e de muita competência! Nota 10 para vcs do CIAVE!

    ResponderExcluir
  11. Todas as graduações são de grande importância na nossa sociedade! Pena que alguns não percebam isso!

    ResponderExcluir
  12. DISCORDO DE TODOS ESSES COMENTÁRIOS RÍDICULOS, SEM PRECEDENTES E INOPORTUNOS. FUI ESTAGIÁRIA DESTE ÓRGÃO POR QUASE TRÊS ANOS, E VI DE MUITO PERTO O COMPROSSIMO E RESPOSABILIDADE DO GRUPO QUE COMPÕE ESTE ÓRGÃO, SÃO PESSOAS SENSATAS, PRUDENTES, INTELIGENTES, PROFISSIONAIS COMPETENTES, E PRIVILEGIADOS SÃO OS QUE PELO CIAVE PASSAM. INFELIZMENTE, POUCOS TÊM A OPORTUNIDADE DE CONHECER ESSE SERVIÇO QUE É REFERÊNCIA EM TODO ESTADO DA BAHIA, E QUE NOS TRANSFORMA EM PROFISSIONAIS MUITO BEM CAPACITADOS E PRONTOS PARA ASSUMIR NOSSO PAPEL DE PROFISSIONAL, E DEIXAR O PAPEL DE ESTAGIÁRIO NO PASSADO. NÃO PODEMOS DEIXAR QUE UM FATO ISOLADO, DENIGRA A IMAGEM DE UM ÓRGÃO TÃO IMPORTANTE PARA A SOCIEDADE BAIANA, NÃO ACEITO, NÃO CONCORDO, POIS SÃO MAIS DE 25 ANOS DE MUITO TRABALHO E LUTA PARA OFERECER UM SERVIÇO CADA VEZ MELHOR.

    ResponderExcluir
  13. DISCORDO DE TODOS ESSES COMENTÁRIOS RÍDICULOS, SEM PRECEDENTES E INOPORTUNOS. FUI ESTAGIÁRIA DESTE ÓRGÃO POR QUASE TRÊS ANOS, E VI DE MUITO PERTO O COMPROSSIMO E RESPOSABILIDADE DO GRUPO QUE COMPÕE ESTE ÓRGÃO, SÃO PESSOAS SENSATAS, PRUDENTES, INTELIGENTES, PROFISSIONAIS COMPETENTES, E PRIVILEGIADOS SÃO OS QUE PELO CIAVE PASSAM. INFELIZMENTE, POUCOS TÊM A OPORTUNIDADE DE CONHECER ESSE SERVIÇO QUE É REFERÊNCIA EM TODO ESTADO DA BAHIA, E QUE NOS TRANSFORMA EM PROFISSIONAIS MUITO BEM CAPACITADOS E PRONTOS PARA ASSUMIR NOSSO PAPEL DE PROFISSIONAL, E DEIXAR O PAPEL DE ESTAGIÁRIO NO PASSADO. NÃO PODEMOS DEIXAR QUE UM FATO ISOLADO, DENIGRA A IMAGEM DE UM ÓRGÃO TÃO IMPORTANTE PARA A SOCIEDADE BAIANA, NÃO ACEITO, NÃO CONCORDO, POIS SÃO MAIS DE 25 ANOS DE MUITO TRABALHO E LUTA PARA OFERECER UM SERVIÇO CADA VEZ MELHOR.

    ResponderExcluir
  14. Participei do XXXI curso de toxicologia básica do CIAVE. Gostaria de parabenizar pela organização! Especialmente ao Dr.Jucelino que fez uma excelente apresentação!

    ResponderExcluir
  15. O XXXI curso de toxicologia básica foi perfeitoooooooooo!
    Dr.Jucelino é de uma competência invejável! Dr., quero ser igual a vc, quando eu crescer! PARABENS!

    ResponderExcluir
  16. O farmacêutico Jucelino agradece os elogios e afirma se sentir satisfeito por ter correspondido às expectativas. ressalta, ainda, que espera que as informações apresentadas durante o curso sejam úteis não só aos que estagiarão no CIAVE, mas também aos demais que poderão aplicar os conhecimentos obtidos na sua vida profissional e também pessoal.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Intoxicação por pó-de-mico

Continua um mistério a causa do surto que ocorreu no mês de março no município de Apuarema, interior da Bahia. A história teve início no dia 21/03, na Escola Municipal Aurino Nery, quando diversos alunos da oitava série manifestaram sinais de prurido na sala de aula causando uma pequena aglomeração naquele estabelecimento de ensino. Cerca de oito alunos manifestaram esses sinais na sala, saíram para o pavilhão e entraram em contato com turmas vizinhas  que acabaram manifestando os sintomas de prurido e urticária. O evento ocorreu se repetiu alguns dias depois. Ao todo foram mais de 40 crianças acometidas. Algumas apresentaram cefaléia. O colégio foi fechado temporariamente pela secretaria municipal de educação. As aulas foram retomadas no dia primeiro de abril sem indícios de um novo incidente. Suspeita-se que alguém tenha introduzido no local alguma substância. Pensou-se na possibilidade de ter sido “pó-de-mico”. O “pó-de-mico” consiste em tricomas (semelhante a pêlos) que recobrem as…

Ciave alerta para aumento do risco de acidente escorpiônico e fake news

Na Bahia, em 2018, ocorreram 24.714 casos de acidente por animais peçonhentos, de acordo com o Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Sinan, com 188 ocorrências em Salvador. Entre eles, o acidente escorpiônico predominou com 18.985 (76,8%), dos quais 47 se deram na capital.
No ano passado, o Centro de Informações Antiveneno – Ciave registrou o atendimento de 2.425 casos de escorpionismo. Já nessa primeira quinzena de janeiro, o Centro registrou 127 casos, 10% a mais que o mesmo período em 2018, com uma média de 9 ocorrências por dia.
Segundo Jucelino Nery, diretor do Ciave e coordenador estadual do Programa de Controle de Acidentes por Animais Peçonhentos, os acidentes escorpiônicos tiveram em 2018 um aumento de 22%, em relação ao ano anterior. Além do clima, o crescimento desordenado das áreas urbanas, a falta de saneamento básico, o desmatamento e o acúmulo de lixo, entulhos e restos de material de construção fazem com que os escorpiões procurem abrigo e alimento (insetos…

Águas vivas começam a aparecer em maior quantidade em Itajaí

Quem aproveitou a manhã de quarta-feira para caminhar pela areia da Praia da Atalaia em Itajaí teve que desviar de águas vivas. Os organismos marinhos surgiram aos montes e deixaram a areia coberta. Apesar de causarem preocupação aos banhistas, as encontradas ali não provocam as populares queimaduras, que na verdade são um tipo de envenenamento. De acordo com o Corpo de Bombeiros a espécie presente na Atalaia é a racostoma atlanticun, que não queima. Isso, porém, não significa que os banhistas devem ter contato com o animal marinho. Isso porque é difícil identificar se uma água viva é nociva ou não. Coordenador de praia da corporação e oceanógrafo, o soldado Daniel Ribeiro explica que só especialistas conseguem identificar quais espécies causam queimaduras e que algumas se assemelham muito as racostoma, mas queimam. Ribeiro explica que o surgimento das águas vivas perto da costa ocorre em função de uma série de fatores naturais. Um deles são as correntes marinhas que transportam os orga…